Adolescentes – Currículo do Ano 1: Vivendo em Sociedade Lição 13: Sonhando em uma Sociedade sem Sonhos – DINÂMICA

0
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
– Cumprimentem os alunos.
– Perguntem como passaram a semana.
– Escutem atentamente o que eles falam.
– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo do tema.
– Falem: A lição de hoje tem como tema a importância dos sonhos e projetos para a cada indivíduo.
– Utilizem um filme sobre o personagem bíblico José. 


Antes da aula, assistam ao filme por inteiro, escolham algumas partes mais importantes para apresentar para os alunos e reflitam sobre os sonhos e as dificuldades para concretizá-los, mas enfatizem que Deus está no controle de todas as coisas.
– Trabalhem os pontos levantados na lição.
 – Depois utilizem a dinâmica “A Árvore do Sonho”.

7 – Para finalizar o trimestre, realizem a seguinte atividade:
– Organizem os alunos em círculo
– Coloquem no centro deste círculo várias figuras que representem os temas das lições.
– Perguntem o que cada figura pode lembrá-los sobre os temas estudados.
– Depois, façam um breve resumo do tema do trimestre.
– Peçam para que cada aluno escreva uma frase, contendo o maior número de palavras referentes aos temas estudados.
– Depois, cada aluno deve ler sua frase.
– Entreguem um chocolate ou outro objeto de sua preferência, para os alunos que conseguiram elaborar a frase com maior quantidade de palavras dos temas das lições.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: A Árvore do Sonho

Objetivo: Refletir sobre a importância de cada indivíduo ter objetivos, sonhos, projetos e procurar concretizá-los.
Material: 1/2 folha de papel ofício e caneta.

Procedimento:
1 – Distribua a metade da folha de papel ofício para cada aluno.

2 – Peça para que eles desenhem uma árvore com raízes a mostra, semelhante a figura ao lado.
É comum os alunos dizerem que não sabem desenhar, então mostre o seu desenho, porém se você for desenhista procure simplificá-lo.

3 – Agora solicite o seguinte:
– Na copa da árvore: escrever um sonho, um desejo, um objetivo ou um projeto de vida que pretende realizar.
Uma boa parte dos alunos afirmará que não sabe o que escrever. Isto acontece porque muita gente não tem visão de futuro, não projeta algo para suas vidas. Mas não desanime! Comece a dar exemplos: obter aprovação no vestibular, comprar a casa própria, participar de um curso, comprar um objeto, passar num concurso etc.
– Ao lado das raízes: escrever em que está firmado.
Você pode fazer as seguintes indicações: firmado em Deus, na Palavra dEle, apoio da família e dos amigos, na capacidade que Deus dar de estudar e realizar ações, ou ainda na perseverança, auto-estima elevada etc.
– No tronco da árvore: escrever algumas ações para concretizar o que foi sonhado, projetado.

4 – Agora leia com os alunos: “Pois qual de vós querendo edificar uma torre, não se assenta primeiro a fazer as contas dos gastos, para ver se tem com que a acabar?”. Lc 14.28
Sl 1. 1 ao 3: “Bem-aventurado o varão que não anda segundo o conselho dos ímpios, nem se detém no caminho dos pecadores, nem se assenta na roda dos escarnecedores. Antes tem o seu prazer na lei do Senhor e na sua lei medita de dia e de noite. Pois será como a árvore plantada junto a ribeiros de águas, a qual dá o seu fruto na estação própria e cujas folhas não caem, e tudo quanto fizer prosperará”.


Por Sulamita Macedo.

Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!