Adolescentes – Lição 02: O que deu errado com a família? (Dinâmica)

0

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
– Cumprimentem os alunos.
– Perguntem como passaram a semana.
– Escutem atentamente o que eles falam.
– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade.
Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

 6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
– Iniciem o estudo da lição, perguntando: O que deu errado com a Família?
Certamente várias respostas aparecerão, mas enfatizem que a origem de todo problema foi a existência do mal, através do pecado cometido por Adão e Eva: a desobediência.
– Mas, alguém pode perguntar: E o que eu tenho a ver com isso? Algo que foi cometido há muito tempo e eu tenho que pagar o pato?
– Para melhorar a compreensão da contaminação do pecado, realizem a seguinte atividade:
1 – Antes da aula: Organizem folhas de papel ofício, com figuras geométricas desenhadas, como: triângulo, quadrado e circulo. Cada folha deverá ter apenas uma figura.
2 – Distribuam uma folha para cada aluno.
3 – Os alunos deverão andar pela sala e conversar com os colegas e copiar na sua folha o desenho que o colega tem.
4 – Orientem para que mudem de colegas pelo menos 03 vezes.
5 – Falem: Olhem para seus papéis e obsevem o que aconteceu. Todos possuem as marcas uns dos outros, isto é, houve uma mistura de figuras. Este é um exemplo figurativo de algo que se espalhou, assim também o pecado.
6 – Leiam Romanos 5. 12 “Pelo que, como um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado a morte, assim também a morte passou a todos os homens por isso que todos pecaram”.
– Falem: O pecado cometido pela primeira família alcança também todas as famílias e traz consequências negativas. Mas, enfatizem que Deus apresenta uma solução para o problema: reatar o relacionamento com os homens, através do sacrifício de Jesus.
– Para concluir, utilizem a dinâmica “A Aliança”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: A Aliança

Objetivo: Refletir sobre o que pode interferir de forma negativa na família, maculando o relacionamento entre os seus membros.

Material:
01 aliança
01 flanela
01 polidor de metais

Procedimento:
– Falem para os alunos o que significa a palavra “aliança”.
De acordo com o dicionário Michaelis, aliança é: 1 Pacto contraído por mútuo acordo, para determinado fim comum. 2 Resultado dessa associação. 3 Pacto de amizade celebrado entre estados ou povos. 4 Fusão ou união de coisas diferentes. 5 Matrimônio. 6 Coligação, confederação, união, liga. 7 Liga de metais. 8 Anel usado como símbolo de noivado ou casamento.
– Acrescentem que a aliança, concerto ou pacto pode ocorrer entre Deus e o homem, do homem com Deus e entre os homens. Falem que numa aliança, há duas partes envolvidas.
– Em seguida, apresentem uma aliança para a turma e solicitem a um aluno para utilizar uma flanela e um pouco de polidor de metais para polir a aliança.
– Depois, peçam para que mostrem a aliança e a flanela.
– Falem: A aliança está brilhando e a flanela está manchada de preto.
– Perguntem: o que aconteceu?
Aguardem as respostas.
– De que forma podemos extrair exemplos disto para a família?
Somos parte integrante de uma família, não podemos deixar que os problemas estraguem e perturbem o bom relacionamento que deve haver entre os seus membros.
– Reflitam sobre o que tem dificultado, maculado o relacionamento na família.
– O que pode significar o polidor? Leitura da palavra, comunhão, oração, perdão, pedir desculpas, uma conversa etc.


Por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

About Author

Pós-Graduando em Ciências da Religião (FACETEN); Pós-Graduado em Metodologia do Ensino da História e da Geografia (FACIBRA); Graduando em Pedagogia (Estácio de Sá); Graduado em Gestão de Comércio Exterior (CET-FAESA); Bacharel em Teologia e, Coautor do livro: “Escola Dominical o que você precisa saber”.

Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!

%d blogueiros gostam disto: