Adolescentes – Lição 06: Religiões diferentes. Em quem acredito? (Dinâmica)

0
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
– Cumprimentem os alunos.
– Perguntem como passaram a semana.
– Escutem atentamente o que eles falam.
– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

 6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
– Falem que nesta lição o assunto a ser tratado será sobre família na qual existem pessoas com religiões diferentes.
– Façam um levantamento da situação dos alunos quanto a isto, escrevendo a quantidade de alunos nos seguintes casos:
Pais e filhos evangélicos
Filhos evangélicos e pais com outras religiões
– Perguntem para os alunos do segundo caso, como tem sido a relação entre eles e seus pais.
Aguardem as respostas.
– Em seguida, organizem uma encenação sobre:
Filhos evangélicos que querem impor aos pais sua crença.
Pais não crentes que não aceitam que o filho seja evangélico, reprimindo outra forma de crença.
– Depois, solicitem qual o posicionamento dos alunos sobre os dois casos.
– Em seguida, apresentem orientações de como de portar diante destas situações, de acordo com a Palavra de Deus, observando também as indicações apontadas na lição.
– Para concluir a aula, utilizem a dinâmica “Perdidos no Deserto”, que possibilitará a reflexão sobre dificuldades de consenso diante de decisões individuais e em grupo. Aproveitem a atividade e contextualizem com a situação vivenciada pelos alunos, diante de conflitos enfrentados na família.
Tenham uma excelente e produtiva!

Dinâmica: Perdidos no Deserto

Objetivo: Refletir sobre dificuldades de consenso diante de decisões individuais e em grupo.

Material:
01 cópia da tabela para cada aluno(postada abaixo).

Procedimento:
– Entreguem para cada aluno a tabela abaixo.
Decisão Individual
Relações de Itens
Decisão do Grupo

Alimento Enlatado


Casacos para baixa temperatura


Cinco galões de água


Dois galões de combustível inflamável


Mapa do continente africano


Quatro caixas de chocolate


Três litros de bebida alcoólica


Vinte metros de corda de nylon


Um espelho de tamanho médio


Uma bússola


Um livro: a Bíblia Sagrada


Um mosqueteiro


Um pequeno rádio transmissor


Um repelente de cobras de escorpiões


Um rifle com munição


Uma barraca para acampamento


Uma caixa de fósforos


– Apresentem as seguintes orientações:
Vocês fizeram uma viagem para a África. Em um passeio pelo deserto, o carro quebrou-se e não sabem como voltar. E agora?  Estão perdidos e o que vão fazer?
Vocês possuem estes itens da coluna do meio, mas não poderão levar todos consigo. Cada pessoa deve escolher apenas 05 itens que considera importante para sua sobrevivência no deserto, para isto deve assinalar com um “x” ao lado do item escolhido na coluna da esquerda(tempo de 1 minuto).
Depois, em círculo os alunos vão escolher 05 itens de forma coletiva, apontado com um “x” na coluna da direita. Cada pessoa apresentará seus argumentos para a indicação de algum item escolhido no modo individual.
– Depois, que a atividade terminar, falem: É nesse momento, onde acontecem as dificuldades de consenso; saber escutar e respeitar a opinião do outro são fatores importantes para o desfecho da situação-problema. Sabe-se, no entanto, que os resultados nem sempre são totalmente pacíficos. Mas, vale a pena tentar!
– Para concluir, contextualize esta dinâmica para as situações conflitivas que os alunos enfrentam na família.
Ideia original desconhecida.


Esta versão da dinâmica por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

About Author

Pós-Graduando em Ciências da Religião (FACETEN); Pós-Graduado em Metodologia do Ensino da História e da Geografia (FACIBRA); Graduando em Pedagogia (Estácio de Sá); Graduado em Gestão de Comércio Exterior (CET-FAESA); Bacharel em Teologia e, Coautor do livro: “Escola Dominical o que você precisa saber”.

Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!

%d blogueiros gostam disto: