Adolescentes – Lição 11: Seja Prudente! (DINÂMICA)

0
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
– Cumprimentem os alunos.
– Perguntem como passaram a semana.
– Escutem atentamente o que eles falam.
– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Antes de falar sobre o tema da aula, perguntem para os alunos:
– Agora, falem que o tema da aula será sobre a prudência.
– Perguntem: O que vocês acham que seja Prudência?
Procurem então fazer um conceito deste vocábulo a partir das ideias dos alunos e com acréscimo de outras informações se necessário.
– Em seguida, utilizem a dinâmica “Entrando numa fria”
 – Depois, trabalhem outros pontos destacados no conteúdo da lição, sempre de forma participativa e contextualizada.
– Para fazer a conclusão da lição, leiam a Fábula “A Cigarra e a Formiga”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Entrando numa Fria

Objetivo: Refletir sobre a prudência, a imprudência e suas consequências.

Material:
Depósito com pedras de gelo
Copos descartáveis

Procedimento:
– Organizem os alunos em círculo.
– Peçam para que os alunos relatem situações que aconteceram com eles que envolvam a prudência ou a imprudência.
Quando o relato exemplificar a prudência, todos devem bater palmas.
Quando o relato exemplificar a imprudência, todos devem falar: “Entrou numa fria!” e ganhará um copo descartável com gelo.
Falem o que significa a expressão “entrar numa fria”: confusão, encrenca, não fez do jeito correto.
Peçam para que os alunos deixem seus copos com gelo reservados, porque depois serão utilizados.
– A partir destes relatos falem sobre a importância da prudência e os resultados positivos. Também falem sobre as consequências negativas da falta de prudência.
– Agora, peçam para que os alunos que “ganharam” o copo com gelo, observem como está o gelo. Deve ter havido degelo. Então, aproveitem e falem que esta transformação pode nos remeter a mudança de comportamento do imprudente que “entrou numa fria” para uma situação diferente com mudanças de atitudes.


Por Sulamita Macedo.

Fábula: A Cigarra e a Formiga
Era uma vez uma cigarra que vivia saltitando e cantando pelo bosque, sem se preocupar com o futuro. Esbarrando numa formiguinha, que carregava uma folha pesada, perguntou:
– Ei, formiguinha, para que todo esse trabalho? O verão é para gente aproveitar! O verão é para gente se divertir!

– Não, não, não! Nós, formigas, não temos tempo para diversão. É preciso trabalhar agora para guardar comida para o inverno.
Durante o verão, a cigarra continuou se divertindo e passeando por todo o bosque. Quando tinha fome, era só pegar uma folha e comer.
Um belo dia, passou de novo perto da formiguinha carregando outra pesada folha.
A cigarra então aconselhou:
– Deixa esse trabalho para as outras! Vamos nos divertir. Vamos, formiguinha, vamos cantar! Vamos dançar!
A formiguinha gostou da sugestão. Ela resolveu ver a vida que a cigarra levava e ficou encantada. Resolveu viver também como sua amiga.
Mas, no dia seguinte, apareceu a rainha do formigueiro e, ao vê-la se divertindo, olhou feio para ela e ordenou que voltasse ao trabalho. Tinha terminado a vidinha boa.
A rainha das formigas falou então para a cigarra:
– Se não mudar de vida, no inverno você há de se arrepender, cigarra! Vai passar fome e frio.
A cigarra nem ligou, fez uma reverência para rainha e comentou:
– Hum!! O inverno ainda está longe, querida!
Para cigarra, o que importava era aproveitar a vida, e aproveitar o hoje, sem pensar no amanhã. Para que construir um abrigo? Para que armazenar alimento? Pura perda de tempo.
Certo dia o inverno chegou, e a cigarra começou a tiritar de frio. Sentia seu corpo gelado e não tinha o que comer. Desesperada, foi bater na casa da formiga. 

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!