Convenção Batista aconselha que igrejas e fiéis fechem suas contas no Santander

0

Patrocínio a exposição que promovia blasfêmia e profanidade custou caro ao banco

Convenção aconselha que igrejas fechem contas no Santander

A Convenção Batista Brasileira (CBB) é uma das maiores denominações evangélicas do Brasil. Através da Ordem dos Pastores Batistas do Brasil (OPBB), foi anunciado que o banco Santander está prestes a perder as contas de todas as igrejas batistas do país.

Após o anúncio oficial da Igreja Batista do Bacacheri, em Curitiba, a Ordem divulgou uma nota de repúdio à exposição. O documento lembra que a mostra do Santander Cultural, sob pretexto de incentivo à cultura, promoveu “incentivo à pedofilia, zoofilia, prostituição infantil e outros temas ligados à sexualidade”.

Disse também que a exposição afrontou abertamente “os valores morais da sociedade e os princípios bíblicos que fundamentam a fé cristã”.

Afirmou ainda que incentiva a “desistência de contas, parcerias ou consumo” de todas as “instituições, igrejas e membros” ligadas à CBB. Essa mesma recomendação será feita a “todas as instituições associadas e cooperantes”.

Embora reconheça que demorou para se manifestar, disse que tomará a mesma postura em relação a outras instituições privadas que ofenderem os valores cristãos. Finalizou dizendo esperar que o Santander pare “todo tipo de fomento a movimentos tão depreciativos e hostis aos valores que defendemos”.

O documento, assinado pelo presidente da Ordem, Juracy Bahia, foi confeccionado em uma reunião de líderes nacionais da denominação no Rio de Janeiro, no último dia 13.

Veja a declaração na íntegra abaixo: 

por Jarbas Aragão

Fonte: Gospel Prime

Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!