Jardim da Infância: Lição 07 – Jesus é batizado

0

Conteúdo adicional para as aulas de Jd. de Infância

Subsídios para as lições do 1º Trimestre de 2014
A vida de Jesus – Eu gosto da Igreja
  • Texto Bíblico: Marcos 1.4-11

     I – De professor para professor  

    – Prezado professor, neste domingo o objetivo da lição é que a criança compreenda que obedecer a Jesus é a melhor atitude.  


    – A palavra-chave deste domingo é “Batizar”. No decorrer da aula diga: “Jesus foi batizado”.  

    II – Saiba Mais  

    No Antigo Testamento, muitos eram os rituais estabelecidos por Deus e observados por seus servos fiéis. Sabemos, no entanto, que todos aqueles ritos tinham a função de apontar para o que Cristo haveria de fazer pela humanidade: oferecer-se a si mesmo em sacrifício por nós. Ao morrer em nosso lugar, e ressuscitar ao terceiro dia, o Senhor Jesus aboliu todos aqueles rituais. Uma vez que o sacrifício perfeito – Cristo – fora oferecido, aqueles perderam a razão de ser. Entretanto, dois cerimoniais foram ordenados por Jesus à igreja, como símbolos daquilo que Ele efetuou por nós e de nosso relacionamento com Ele: o batismo em águas e a Santa Ceia. 

    O batismo nas águas é o cerimonial do ingresso no Corpo de Cristo, e simboliza o início da caminhada espiritual. 

    Pouco antes de subir ao céu, o Senhor entregou aos discípulos a Grande Comissão: evangelizar os povos, batizando-os, em nome do Pai, Filho e do Espírito Santo (Mt 28.19). 

    O batismo é como se fosse uma representação, através do qual a pessoa confessa publicamente que creu em Jesus e foi salva por Ele. O ato da pessoa sendo mergulhada na água significa que a sua velha natureza pecaminosa morreu juntamente com Cristo, e foi sepultada com Ele. Ao ser levantada da água, representa que uma nova pessoa ressuscitou juntamente com Cristo, para viver uma vida (Rm 6.3-6)  

    Texto extraído do livro: Manual de Integração do Novo Convertido, Rio de Janeiro:CPAD, pp168, 168   

    III – Conversando com o Professor   

    Um dos intuitos da Escola Dominical é o de fazer seus alunos, homens e mulheres, verdadeiros cristãos, cujas vidas se assemelhem em palavras e obras ao ideal apresentado em Jesus Cristo, conforme lemos em Romanos 8.20. Vê-se, portanto, que a tarefa do professor de Escola Dominical é da máxima importância e do maior alcance, precisando não somente de conhecimentos da matéria, e da arte de ensinar, mas também de influenciar e orientar o pensamento do aluno, resultando em contínua moldagem do caráter cristão ideal, no sentido moral e espiritual.  

    Texto extraído do livro: Manual da Escola Dominical, p.120. Rio de Janeiro: CPAD,1997

Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!