Jardim da Infância: Lição 12 – O amigo de Deus é bondoso

0

Conteúdo adicional para as aulas de Lições Bíblicas
Subsídios para as lições do 4º Trimestre de 2013
Por que Jesus é poderoso?
 
Texto Bíblico: Atos 9.36-41
De professor para professor

 

Prezado professor, neste domingo o objetivo da lição é que a criança aprenda a ser bondosa.    

– A palavra-chave deste domingo é “Bondade”. No decorrer da aula diga: “O amigo de Deus é bondoso”. 

– Ensine aos pequeninos a praticar a bondade. 

II – Saiba Mais  

As crianças resistem a compartilhar suas coisas quando se preocupam se sobrará o suficiente para elas. Explique-lhes que não precisam se preocupar com isso quando obedecem a Deus e compartilham as coisas. O trabalho de Deus é cuidar delas. Por meio da disposição de ajudar os outros, elas demonstram fé e confiança no cuidado de Deus (Texto extraído do livro Ensine sobre Deus as Crianças, CPAD). 

III – Conversando com o professor 

Bondade como fruto do Espírito é tradução de uma palavra grega que é encontrada apenas quatro vezes na Bíblia: agathosuse. Quando comparada com chrestotes vemos que bondade é a prática  ou a expressão da benignidade, ou seja, fazer aquilo que é bom. O termo agathosune.

Bondade, então, fala de serviço ou ministério uns aos outros, um espírito de generosidade posto em ação; diz respeito a servir e dar. É o resultado natural da benignidade – a qualidade de interior de ternura, compaixão e brandura. Tudo isso está resumido na palavra amor. O amor é benigno, que é oposto do maligno. O amor é bom, sempre buscando ministrar às necessidades dos outros.

IV – Sugestão     

Você vai precisar de uma caixa de papelão grande, papel pardo, papel sulfite e cola colorida. 

Procedimento:

1º Passo
Encape a caixa com o papel pardo. 

2º Passo
Peça as crianças para enfeitar a caixa com a cola colorida. 

3º Passo
Na folha de papel sulfite escreva o versículo bíblico do dia. 

4º Passo   
Solicite às crianças que no próximo domingo tragam doações de roupas, brinquedos e alimentos. Para as crianças carentes. 


Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!