EBD Em Foco

Jovens: Justiça e Graça – Um estudo da doutrina da Salvação na carta aos Romanos – Lição 03: A necessidade espiritual dos judeus

0 50

jovens 2016Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
– Cumprimentem os alunos.
– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
– Perguntem como passaram a semana.
– Escutem atentamente o que eles falam.
– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
– Apresentem o título da lição: A necessidade espiritual dos judeus.
– Depois, utilizem a dinâmica “Sem máscara da hipocrisia”.
– Lembrem-se de que ao trabalhar o conteúdo da lição, vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Sem máscara da hipocrisia
Objetivo:
Refletir sobre a importância das ações verdadeiras sem a máscara da hipocrisia.
Introduzir o estudo sobre a necessidade dos judeus de abandonar a hipocrisia.
Material:
Texto bíblico: Lc 10. 30 a 35
06 pessoas: o narrador, o homem espancado, o sacerdote, o levita, o samaritano e o hospedeiro.
Procedimento:
– Organizem 06 alunos para realizar uma encenação rápida da parábola do Bom Samaritano. Normalmente este tipo de apresentação é chamada de “esquete”, por ser considerado um teatro ligeiro, que ocorre no máximo em 10 minutos e sem muito aparato.
– O texto da parábola encontra-se em Lc 10. 30 a 35.
“E, respondendo Jesus, disse: Descia um homem de Jerusalém para Jericó, e caiu nas mãos dos salteadores, os quais o despojaram, e espancando-o, se retiraram, deixando-o meio morto.
E, ocasionalmente descia pelo mesmo caminho certo sacerdote; e, vendo-o, passou de largo.
E de igual modo também um levita, chegando àquele lugar, e, vendo-o, passou de largo.
Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, moveu-se de íntima compaixão;
E, aproximando-se, atou-lhe as feridas, deitando-lhes azeite e vinho; e, pondo-o sobre o seu animal, levou-o para uma estalagem, e cuidou dele;
E, partindo no outro dia, tirou dois dinheiros, e deu-os ao hospedeiro, e disse-lhe: Cuida dele; e tudo o que de mais gastares eu to pagarei quando voltar”
– Enquanto o narrador estiver lendo a parábola, os demais “atores” deverão realizar as ações descritas no texto.
– Após a encenação, reflitam sobre as atitudes dos personagens diante do homem espancado, quanto a bondade e solidariedade.
– Perguntem: Através deste exemplo, como poderia ser uma ação de bondade com hipocrisia e sem hipocrisia?
Aguardem as respostas.

Por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

Comentários
Loading...
%d blogueiros gostam disto: