EBD Em Foco

Pré-adolescentes – (Dinâmica) Lição 04: Conhecendo Minha Personalidade

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham conversa informal e rápida com os alunos:
– Cumprimentem os alunos.
– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
– Perguntem como passaram a semana.
– Escutem atentamente o que eles falam.
– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
– Apresentem o título da lição: Conhecendo Minha Personalidade.
– Depois, façam a diferença entre personalidade e caráter.
– Falem que a personalidade define o temperamento. Há 04 tipos de temperamentos: Sanquíneo, Colérico, Melancólico e Fleumático.
Coloquem estes nomes no quadro ou cartolina.
– Em seguida, leiam a seguinte história:

“Os quatro temperamentos foram amarrados dentro de um saco. Depois de tanta luta conseguiram sair. O primeiro foi o colérico cheio de ira, querendo saber quem tinha feito isso com ele (todo cheio de razão), o segundo foi o melancólico todo cabisbaixo achando que o culpado de todos estarem presos era ele (sempre se culpando), logo atrás vem o sanguíneo todo serelepe, cantando e dançando dando graças a Deus por estar solto (super feliz), e por último o fleumático que quando saiu, logo viu o saco no chão e pensou com ele mesmo: “Por que não? Ajeitou o saco e dormiu”(autoria desconhecida).

– Falem: Aqui neste pequeno texto, há características dos 04 tipos de temperamentos. Em qual deles você se encaixa? Qual o seu temperamento?
– Depois, trabalhem as características dos 04 tipos de temperamentos contidos na lição do mestre, na página 29 e trabalhem as características com os alunos.
– Ao trabalhar o conteúdo da lição, lembrem-se de que vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
– Para finalizar, utilizem a dinâmica “Convivência”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Convivência
Objetivo: Refletir sobre o que as características de temperamento têm dificultado ou promovido nos relacionamentos.

Material: Para cada aluno
½ folha de papel ofício
Lápis grafite
01 borracha
Procedimento:
– Distribuam ½ folha de papel oficio para cada aluno.
– Solicitem para que eles escrevam características pessoais de temperamento, o que de gosta de fazer, tipo de comida preferida, manias, hora que acorda e dorme etc.
– Com os alunos em círculo, peçam para que falem sobre o que escreveu.
– Depois, falem:
Vocês observaram que todos aqui são diferentes?
O que isto tem dificultado para que você e as outras pessoas com quem você se relaciona(família, amigos etc) convivam bem?
Então, como conviver bem em meio a tão grande diversidade de características?
Aguardem as respostas.
Enfatizem que deve haver respeito, compreensão, limites, domínio próprio para que a nossa comunhão com quem convivemos seja efetiva, através de bons relacionamentos.
O que pode ser modificado ou aprimorado nas características de cada temperamento para que haja melhoria nos relacionamentos familiares?
– Solicitem para que os alunos apaguem aquelas características que tem provocado situações conflitivas.
– Falem: observaram que as marca da palavra permaneceu?
Há características que não podemos retirar, mas que podem ser melhoradas. Orientem que escrevam outras ações que possibilitem a modificação daquilo que não está legal.

Por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

Comentários
Loading...
%d blogueiros gostam disto: