Pré-adolescentes – Lição 05: Uma Pequena Semente (Dinâmica)

0
Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:
– Cumprimentem os alunos.
– Perguntem como passaram a semana.
– Escutem atentamente o que eles falam.
– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou e-mail.
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associada a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição 05. Vejam as sugestões abaixo:
– Falem que o tema da aula será sobre a expansão do evangelho do Reino de Deus, que será estudado através de duas parábolas: do grão de mostarda e do fermento.
– Agora, leiam o texto de Mateus 13. 31 a 33, para que os alunos conheçam as duas parábolas:

Parábola do Grão de Mostarda:
“Outra parábola lhes propôs, dizendo: O reino dos céus é semelhante ao grão de mostarda que o homem, pegando nele, semeou no seu campo;
O qual é, realmente, a menor de todas as sementes; mas, crescendo, é a maior das plantas, e faz-se uma árvore, de sorte que vêm as aves do céu, e se aninham nos seus ramos”.
– Neste momento, apresentem para os alunos a semente de mostarda e analisem o que fala a parábola, mostrando também uma figura da planta, como esta ao lado.
Observações:
Vocês poderão encontrar as sementes de mostarda em supermercados e em lojas que vendem produtos agrícolas.
A semente de mostarda é muito pequena e fácil de perdê-la. Então, para entregá-la aos alunos, fçam o seguinte:
Cortem pedaços de papel ofício(5cmx5cm), escrevam “Semente de Mostarda” e depois coloquem a semente e por cima num pedaço pequeno de durex transparente.

Parábola do Fermento:
“Outra parábola lhes disse: O reino dos céus é semelhante ao fermento, que uma mulher toma e introduz em três medidas de farinha, até que tudo esteja levedado”.
Neste momento, apresentem uma massa com fermento e outra sem fermento e analisem o conteúdo da parábola.
– Em seguida, utilizem a dinâmica “Passaporte”.
Tenham uma excelente e produtiva aula!
Dinâmica: Passaporte

Objetivo: Oportunizar estudo sobre a mensagem do Reino de Deus, a forma de ingresso e permanência nele.

Material:
01 passaporte com visto de permanência ou uma figura


Procedimento:
– Perguntem: Qual a forma de ingresso para o Reino de Deus?
– Aguardem as respostas.
– Resuma as respostas com a leitura de Jo 3. 3: “Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus”.  Então, digam este é o passaporte para a entrada no Reino de Deus.
– Acrescentem que a mensagem do reino proclama o arrependimento (Mc 1.15)” … O tempo está cumprido e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no evangelho”.
– Falem que o visto de permanência no Reino de Deus ocorre com a observância dos princípios deste reino. Leiam com os alunos as bem-aventuranças (Mt 5.3 a 11) de forma compartilhada, para dinamizar a leitura.
– Leiam também Gl 5. 22. Falem também que no Fruto do Espírito, encontramos outros valores para serem exercitados pelos integrantes do reino.
– Leiam ainda:
“Produzi pois frutos dignos de arrependimento” (Mt 3.8).
“Todo ramo que, estando em mim, não der fruto, ele o corta; e todo o que dá fruto limpa, para que produza mais fruto ainda. Vós já estais limpos, pela palavra que vos tenho falado (Jo 15. 2,3).
“Permanecei em mim, e eu permanecerei em vós. Como não pode o ramo produzir fruto de si mesmo, se não permanecer na videira, assim, nem vós o podeis dar, se não permanecerdes em mim. Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer. Se alguém não estiver em mim, será lançado fora…” (Jo 15:4-6).
– Para concluir, falem da necessidade da divulgação da mensagem do Reino de Deus para que outros sejam resgatados do reino das trevas.


Por Sulamita Macedo.



Fonte / Post original no link: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!