Pré-adolescentes –  Lição 11: O Cuidado com Certas Festas

0

Professoras e professores, observem estas orientações:
1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham conversa informal e rápida com os alunos: – Cumprimentem os alunos.
– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.
– Perguntem como passaram a semana.
– Escutem atentamente o que eles falam.
– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.
– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.
2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.
Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.
3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).
Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.
4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.
5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!
6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:
– Apresentem o título da lição: O Cuidado com Certas Festas.
– Em seguida, para introduzir o estudo do tema, utilizem a dinâmica“Bola cheia e bola murcha”.
– Em seguida, trabalhem o conteúdo da lição.  Lembrem-se de que vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.
Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Bola cheia e bola murcha
Objetivo: Refletir sobre a alegria permanente que só encontramos em Jesus.

Material:
02 bexigas de aniversário
Procedimento:
– Organizem a turma em círculo.
– Façam as seguintes perguntas para os alunos:
Em que momentos vocês se sentem alegres?
O que a alegria proporciona?
O que pode servir de impedimentos para sentir alegria?
 Observem atentamente o que eles vão dizer.
– Falem: Existe uma alegria ocasionada por situações diversas e há outra diferente proporcionada pelo Espírito Santo, que permanece mesmo em situações difíceis.
Para exemplificar, utilizem duas bexigas(bolas de aniversário).
Encham uma e enquanto vocês falam, vão soltando o ar devagar.
– Falem: Há pessoas que ficam alegres, isto é, com a bola cheia, mas o que sentem é algo passageiro(neste momento a bola deve estar vazia) e depois estão assim com a bola murcha.
– Encham outra bola e deem um nó e falem: Há pessoas que estão sempre alegres, em qualquer circunstância (neste momento, brinquem com a bola, jogando para os alunos).
– Falem: Observaram que a bola cheia pula de alegria e a bola murcha não tem dentro de si aquilo que a torna leve e saltitante? Da mesma foram o cristão, para ter alegria permanente somente através do Espírito Santo. Entretanto, quem não tem Jesus, precisa de alegria passageira, que se acaba rapidamente.
– Falem: Aqui nesta demonstração há dois tipos alegria. Mas na aula de hoje, o estudo é sobre a alegria cuja fonte está em Deus.
Ideia original desconhecida.

Esta versão da dinâmica por Sulamita Macedo.

Fonte: http://atitudedeaprendiz.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta! Seu comentário é relevante!