‘Deus não está no gospel’: Dayane Damasceno denuncia ‘idolatria’ e viraliza nas redes sociais

“Essas pessoas não estão preocupadas com a sua alma, estão preocupadas com o seu consumo"

Uma publicação da cantora Dayane Damasceno, denunciando os desvios de condutas que ocorrem nos bastidores do mercado de música gospel, viralizou nas redes sociais. No vídeo, ela encoraja os internautas a fugirem dos “ídolos” que surgem no meio evangélico.

“O que acontece nos bastidores do mundo gospel nem os ímpios têm coragem de fazer. Há mais ética, moral, entre os incrédulos que entre os supostos crentes. Os adoradores, cantores, pregadores, cristãos. Eu digo sem medo de errar: Deus não está no gospel. Isso não é o Evangelho de Cristo, não é o Evangelho da cruz”, disparou Dayane Damasceno.

A artista, que já integrou o cast da gravadora Graça Music, afirmou que conhece o cenário que não chega ao conhecimento do público: “Esse mercantilismo em nome de Deus não é a mensagem de Jesus. Eu sei que é difícil para você acreditar nisso. Eu falo com propriedade, pois essa água suja eu bebi um dia. Eu sei do que eu estou falando, por isso faço questão de repetir […] por que eu penso nos pequenos, os enganados”.

“Ovelhas entenderão e bodes reclamarão, mas isso não tem problema. Isso não tira a minha vontade de acordar as pessoas e de alertar, porque eu sei o quão prejudicial é viver nesse engano. Eu sei o que isso causou na minha alma, por isso que eu faço questão de falar, e alertar vocês. Há dificuldade para muita gente em aceitar e acreditar, por que essas pessoas não querem que o castelo de ilusão delas desmorone”, acrescentou a cantora.

Idolatria

Dayane Damasceno abordou a questão em torno do excesso que é cometido por muitos evangélicos numa espécie de culto à personalidade, e afirmou categoricamente que trata-se de uma prática idólatra.

“Essas pessoas não estão preocupadas com a sua alma, estão preocupadas com o seu consumo. É isso: o seu consumo. Eu venho do catolicismo. Eu e toda minha família éramos católicos. Os crentes têm mania de reclamar que os católicos são idólatras. Só que vindo para o meio cristão evangélico eu vi que é totalmente ao contrário: os crentes se superaram na idolatria. Ergueram ídolos, amam personalidades gospel, amam ‘popstar ungido’”, criticou.

A cantora também destacou que a resistência à exortação é uma evidência de que a idolatria se estabeleceu entre muitos fiéis: “Ai daquele que tentar arrancar do altar do coração de vocês esses ídolos, esses bezerros de ouro. Vocês defendem com unhas e dentes, cegamente. É por isso que está essa palhaçada na Igreja, é por isso que existe Flordelis”, disse, em referência ao escândalo em torno do assassinato do pastor Anderson do Carmo.

“É por isso que existe cantor, grupo, banda, músicos, sem caráter algum cristão. Estão aí, contaminando o corpo de Cristo, influenciando os seus filhos, os nossos jovens, trazendo o mundanismo para a Igreja, o secularismo para a Igreja. E você não faz nada. Você faz questão de sacrificar ovelhas, mas defender lobos”, reiterou Dayane Damasceno.

Fonte: Gospel Mais

COMENTÁRIOS

Chat
Precisa de ajuda?
EBD INTERATIVA
Olá!
Como podemos ajudar?
%d blogueiros gostam disto: