Dinâmica Jovens Lição 11: Ageu: Atenção para com a Casa de Deus

Dinâmica: Semeais muito e recolheis pouco

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:

Vocês já sabem que a aula expositiva ou Preleção é um método que está centralizado na oralidade por parte do professor. Entretanto, esta unilateralidade da exposição não é boa, tendo em vista que somente o professor fala e os alunos escutam, escutam, escutam… tendem a se dispersar e a aprendizagem fica comprometida.

Por isso, recomendo que vocês, busquem a participação dos alunos nas aulas.

Para isso é importante que você apresente estratégias que estimule a participação dos alunos, valorize o conteúdo, reforce as aplicações e facilite a aprendizagem. Portanto, para não perder de vista o alvo da lição, use a criatividade, apresente domínio da matéria e observe se os alunos estão entendendo o assunto. Só assim você saberá adaptar as sugestões apresentadas aqui.

– Apresentem o título da lição, escrevendo no quadro: Ageu: Atenção para com a Casa de Deus

Utilizem um marcador de quadro branco.

Quadro e marcador para quadro branco são recursos didáticos.

– Iniciem o estudo da lição, falando: A aula de hoje será sobre o livro do profeta Ageu, o décimo de uma série de 12 livros que compõem os Profetas Menores.

– Ao trabalhar o conteúdo da lição, lembrem-se de que vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.

Contexto histórico da época do profeta Ageu

Quem era Ageu

Partes do livro e suas características

Mensagem principal do livro

Utilizem um mapa para mostrar para quem o profeta Ageu profetizou e qual o teor de sua mensagem.

Mapa é um recurso didático. A utilização do mapa torna a apresentação documentada.

– Quando vocês trabalhem sobre a prioridade que Deus exigia do povo quanto à reconstrução do templo ao invés do tempo, esforço e investimento em suas próprias casas, utilizem a dinâmica “Semeais muito e recolheis pouco”.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Resumindo a aplicação didática sugerida por mim para esta lição:

– Método da Aula expositiva ou Preleção associado a outros recursos didáticos;

– Utilização de recursos didáticos: quadro, marcador para quadro branco, mapa; mas, vocês podem escrever outras informações;

– Participação dos alunos na aula;

– Método audiovisual: quadro com o título da lição e mapa;

– Aplicação de 01 dinâmica para concluir a lição.

Dinâmica: Semeais muito e recolheis pouco

Objetivos:

Contextualizar o tema do perigo ao apego material dos judeus pós-cativeiro com a vida dos alunos.

Refletir sobre a mensagem de Ageu 1.6.

Material:

01 saco para presente do tipo metalizado

01 tesoura

01 cédula de 20,00 ou de outro valor maior

Procedimento:

Antes da aula:

Utilizando o tipo de saco metalizado para presente, cortem a parte de baixo do saco, deixando aberto dos 02 lados – façam isto em casa, para que os alunos não vejam.

Durante a aula:

– Apresentem um saco sem fundo, cortado da forma acima descrita. Os alunos não devem perceber essa retirada.

– Peguem uma cédula de 20,00 reais ou de outro valor e mostrem para a turma.

– Solicitem que um aluno se ponha de pé diante da classe e coloquem a nota de 20,00 reais dentro do saco.

Segurem o saco de forma que não apareça a parte de baixo aberta.

O que vai acontecer? A cédula vai cair no chão, passando pelo espaço aberto do saco(aquela parte retirada do fundo).

Isto vai causar surpresa e alguns alunos vão achar que o dinheiro não foi colocado dentro do saco.

Repitam a operação. Certamente vão observar que o saco não tem o fundo. Agora, expliquem a situação lendo Ageu 1.6:

 “Semeais muito, e recolheis pouco; comeis, porém não vos fartais; bebeis, porém não vos saciais; vesti-vos, porém ninguém se aquece; e o que recebe salário, recebe-o num saco furado”.

– Falem: Aqui é uma demonstração da situação de apego financeiro e gastos pessoais, que levam ao consumo exagerado do dinheiro. Algo semelhante aconteceu com o povo judeu, quando voltou do cativeiro tendo como prioridade os recursos para suas casas e não para a reconstrução do templo. Mas, isto foi modificado com a atuação do profeta Ageu.

Por Sulamita Macedo.

Fonte: Atitude de Aprendiz

COMENTÁRIOS

Chat
Precisa de ajuda?
EBD INTERATIVA
Olá!
Como podemos ajudar?
%d blogueiros gostam disto: