Dinâmica Lição 10: Paulo e seu Amor pela Igreja

Dinâmica: O amor na igreja local

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Em seguida, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:

Vocês já sabem que a aula expositiva ou Preleção é um método que está centralizado na oralidade por parte do professor. Entretanto, esta unilateralidade da exposição não é boa, tendo em vista que somente o professor fala e os alunos escutam, escutam, escutam… tendem a se dispersar e a aprendizagem fica comprometida.

Por isso, recomendo que vocês, busquem a participação dos alunos nas aulas.

Para isso é importante que você apresente estratégias que estimule a participação dos alunos, valorize o conteúdo, reforce as aplicações e facilite a aprendizagem. Portanto, para não perder de vista o alvo da lição, use a criatividade, apresente domínio da matéria e observe se os alunos estão entendendo o assunto. Só assim você saberá adaptar as sugestões apresentadas aqui!

– Apresentem o título da lição: Paulo e Paulo e seu Amor pela Igreja, escrevendo no quadro branco. Utilizem marcador específico.

Quadro e marcador são recursos didáticos.

– Trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.

Lembrem-se de que vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.

– Apresentem 01 mapa para apontar a cidade de Tessalônica.

Mapa é um recurso pedagógico e torna a apresentação documentada.

– Apliquem a dinâmica “O amor na igreja local”, quando abordarem sobre o assunto do item III

Tenham uma excelente e produtiva aula!

 

Resumindo a aplicação didática sugerida por mim para esta lição:

– Método da Aula expositiva ou Preleção associado a outros recursos didáticos;

– Utilização de recursos didáticos: quadro branco, 01 marcador para quadro branco, mapa; material da dinâmica;

– Método audiovisual: 01 forma de utilização do quadro branco: escrever no quadro o título da lição); mas, vocês podem escrever outras informações; apresentação de 01 mapa;

– Participação dos alunos na aula;

– Aplicação de 01 dinâmica.

Dinâmica: O amor na igreja local

Objetivo: Enfatizar a importância de pertencer a igreja local, exercendo a virtude do amor, da fé e da esperança.

Material:

01 quebra-cabeças com figura de Igreja

Colem a figura da Igreja numa cartolina, façam o desenho das peças do quebra-cabeça de acordo com o número de alunos da classe e depois recortem cada peça.

01 coração pequeno para cada aluno (pode ser de EVA ou cartolina color-set vermelha.

Procedimento:

– Distribuam as peças para os alunos(cada aluno deverá receber uma peça).

– Em seguida, peçam para que os alunos montem o quebra-cabeça.

– Após a montagem, perguntem: O que vemos?

Um quebra-cabeça com uma figura de igreja.

Cada parte desta figura foi colocada por vocês.

– Depois, trabalhem as seguintes ideias:

Você é uma peça do quebra-cabeça, isto nos remete aos membros do corpo de Cristo, a Igreja, que deve estar em unidade e em comunhão para adorar.

Uma peça do quebra-cabeça ganha importância e valor quando está no conjunto das outras peças, formando um todo, e passa a ter grau de pertencimento ao todo.

Reforcem a importância de estar reunido numa igreja local, para receber o ensino da Palavra de Deus, fortalecer os relacionamentos com o próximo e comunhão com o Senhor, através da virtude do amor, da fé e da esperança.

– Agora distribuam um coração pequeno para cada aluno, representando o amor pelo qual fomos alcançados.

– Também afirmem que é pelo amor que somos reconhecidos como discípulos de Jesus.

Leiam João 13.34 e 35:

“Um novo mandamento vos dou: Que vos ameis uns aos outros; como eu vos amei a vós, que também vós uns aos outros vos ameis. Nisto todos conhecerão que sois meus discípulos, se vos amardes uns aos outros”.

– Agora, reflitam com os alunos, olhando para o coração que temos nas mãos:

Que marcas deste amor podemos compartilhar com os outros?

Nós, como integrantes da Igreja, o que estamos fazendo para que as pessoas sejam alcançadas pelo amor de Deus?

Estamos praticando na verdade o amor, cotidianamente, nas ações com o próximo?

– Peçam para que os alunos troquem os corações entre si, promovendo um momento de congratulação, de “troca de amor”, representando as verdadeiras ações amorosas que devem existir entre as pessoas.

Por Sulamita Macedo.

Fonte: Atitude de Aprendiz

COMENTÁRIOS

Chat
Precisa de ajuda?
EBD INTERATIVA
Olá!
Como podemos ajudar?
%d blogueiros gostam disto: