fbpx

Dinâmica Lição 12: Esdras e Neemias combatem o casamento misto

No casamento com duas pessoas crentes, ambos vão procurar a felicidade do outro, pois possuem a mesma fé, o mesmo Deus

– Apresentem o título da lição: Esdras e Neemias combatem o casamento misto.

– Trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.

Vocês já sabem que a aula expositiva ou Preleção é um método que está centralizado na oralidade por parte do professor. Entretanto, esta unilateralidade da exposição não é boa, tendo em vista que somente o professor fala e os alunos escutam, escutam, escutam… tendem a se dispersar e a aprendizagem fica comprometida.

Por isso, recomendo que vocês, busquem a participação dos alunos nas aulas.

– A visualização(Método visual) chama a atenção dos alunos e melhora a compreensão do que está sendo exposto. Desta forma, a apresentação ficará mais didática.

– Para exemplificar o casamento misto, apliquem a Dinâmica “E Foram Felizes para Sempre?”

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: E Foram Felizes para Sempre?

Objetivo: Refletir sobre os objetivos do casamento e as consequências do Jugo desigual.

Material: 02 quebra-cabeças com poucas peças(entre 12 e 20).

Procedimento:

– Escolham 4 alunos, dividindo-os em 02 grupos. Solicitem que cada dupla monte um quebra-cabeça com poucas peças.

Observações:

– Cada conjunto de peças, deverá conter 01 peça do outro conjunto. Mas, não falem sobre isto para as duplas.

– Fiquem atentos a montagem dos dois quebra-cabeças: a reação das duplas quanto a peça estranha nos conjuntos e até mesmo a dificuldade de execução do quebra-cabeças.

– Perguntem: O que está acontecendo? Por que não conseguiram concluir?

Os alunos certamente deverão responder que há peça faltando e há outra que não pertence ao conjunto, impossibilitando a montagem dos dois quebra-cabeças.

– Então, falem: A peça que está faltando ou está no lugar errado, podem exemplificar o jugo desigual no casamento e suas consequências.

– Agora, solicitem que os alunos identifiquem a peça estranha, troquem-na com a outra dupla e montem o quebra-cabeça.

– Falem: Agora, com as peças no conjunto certo, a montagem foi realizada sem problemas no encaixe, como também nem sobrou nem faltou. Dessa forma, podemos exemplificar o casamento segundo a observância da Palavra de Deus.

 – Falem: O final das estórias de contos de fada, na sua maioria, termina assim: “… e partiu junto com o príncipe para um castelo distante onde se casaram e foram felizes para sempre” (Cinderela- Irmãos Grimm).

– Agora, perguntem: O que isto tem a ver com o tema da nossa lição e com o quebra-cabeças?

Aguardem as respostas.

Espera-se que os alunos falem que a expressão “felizes para sempre” tem a ver com a felicidade da união conjugal, que vai depender de alguns pontos observados antes e depois do casamento (o encaixe das peças).

No casamento com duas pessoas crentes, ambos vão procurar a felicidade do outro, pois possuem a mesma fé, o mesmo Deus(peças iguais),  o que não ocorre com o casal  com crenças diferentes, pois há caminhos opostos nesta caminhada, acarretando sérios problemas conjugais, de relacionamento, na criação dos filhos, além da liberdade de professar a fé(peças diferentes).

– Agora, trabalhem os itens da lição.

Por Sulamita Macedo.

Fonte. Atitude de Aprendiz

COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: