Dinâmica Lição 12: Esdras e Neemias combatem o casamento misto

No casamento com duas pessoas crentes, ambos vão procurar a felicidade do outro, pois possuem a mesma fé, o mesmo Deus

– Apresentem o título da lição: Esdras e Neemias combatem o casamento misto.

– Trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.

Vocês já sabem que a aula expositiva ou Preleção é um método que está centralizado na oralidade por parte do professor. Entretanto, esta unilateralidade da exposição não é boa, tendo em vista que somente o professor fala e os alunos escutam, escutam, escutam… tendem a se dispersar e a aprendizagem fica comprometida.

Por isso, recomendo que vocês, busquem a participação dos alunos nas aulas.

– A visualização(Método visual) chama a atenção dos alunos e melhora a compreensão do que está sendo exposto. Desta forma, a apresentação ficará mais didática.

– Para exemplificar o casamento misto, apliquem a Dinâmica “E Foram Felizes para Sempre?”

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: E Foram Felizes para Sempre?

Objetivo: Refletir sobre os objetivos do casamento e as consequências do Jugo desigual.

Material: 02 quebra-cabeças com poucas peças(entre 12 e 20).

Procedimento:

– Escolham 4 alunos, dividindo-os em 02 grupos. Solicitem que cada dupla monte um quebra-cabeça com poucas peças.

Observações:

– Cada conjunto de peças, deverá conter 01 peça do outro conjunto. Mas, não falem sobre isto para as duplas.

– Fiquem atentos a montagem dos dois quebra-cabeças: a reação das duplas quanto a peça estranha nos conjuntos e até mesmo a dificuldade de execução do quebra-cabeças.

– Perguntem: O que está acontecendo? Por que não conseguiram concluir?

Os alunos certamente deverão responder que há peça faltando e há outra que não pertence ao conjunto, impossibilitando a montagem dos dois quebra-cabeças.

– Então, falem: A peça que está faltando ou está no lugar errado, podem exemplificar o jugo desigual no casamento e suas consequências.

– Agora, solicitem que os alunos identifiquem a peça estranha, troquem-na com a outra dupla e montem o quebra-cabeça.

– Falem: Agora, com as peças no conjunto certo, a montagem foi realizada sem problemas no encaixe, como também nem sobrou nem faltou. Dessa forma, podemos exemplificar o casamento segundo a observância da Palavra de Deus.

 – Falem: O final das estórias de contos de fada, na sua maioria, termina assim: “… e partiu junto com o príncipe para um castelo distante onde se casaram e foram felizes para sempre” (Cinderela- Irmãos Grimm).

– Agora, perguntem: O que isto tem a ver com o tema da nossa lição e com o quebra-cabeças?

Aguardem as respostas.

Espera-se que os alunos falem que a expressão “felizes para sempre” tem a ver com a felicidade da união conjugal, que vai depender de alguns pontos observados antes e depois do casamento (o encaixe das peças).

No casamento com duas pessoas crentes, ambos vão procurar a felicidade do outro, pois possuem a mesma fé, o mesmo Deus(peças iguais),  o que não ocorre com o casal  com crenças diferentes, pois há caminhos opostos nesta caminhada, acarretando sérios problemas conjugais, de relacionamento, na criação dos filhos, além da liberdade de professar a fé(peças diferentes).

– Agora, trabalhem os itens da lição.

Por Sulamita Macedo.

Fonte. Atitude de Aprendiz

Faça um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

Chat
Precisa de ajuda?
EBD INTERATIVA
Olá!
Como podemos ajudar?