fbpx

Reflexão: Prioridade no culto: ensino, pregação ou louvor?

Pattison – "É a comunicação verbal da verdade divina com o propósito de persuadir."

Prioridade no culto: ensino, pregação, ou louvor

No culto, quem merece prioridade ou mais tempo? O ensino, a pregação, ou o louvor?

Alguns pensam que na liturgia do culto cristão, o mais importante é a pregação, onde está escrito isso na Bíblia?

- EBD INTERATIVA -

Onde está escrito que o tempo da pregação deve ser igual ou maior que o tempo do louvor?

Não posso ignorar que há dois exageros: há aqueles que só querem o louvor e há aqueles que só querem à pregação, sem dúvidas é necessário equilibro por ambas as partes.

Será que no tocante à pregação cristã, ter um tempo de meia ou uma hora no Culto é valorizar à Palavra? Onde Cristo nos mandou pregar e por quanto tempo?

Quando se fala de pregação ou louvor há certo valor por parte de alguns, mas e o ensino como fica? Não são de igual valor à pregação, ensino e o louvor?

Alguns valorizam a pregação e menosprezam o louvor como elemento de culto à Deus. Segundo o dicionário o termo “Culto” é adoração à uma divindade em quaisquer de suas formas. Logo no louvor ou pregação, Deus está sendo louvado e falando com a igreja.

Paulo em sua carta aos coríntios (1Co 14.26) diz que tanto o louvor quanto o ensino faz parte da nossa edificação, sem diminuir valor de ninguém.

Alguns dizem serem imitadores de Jesus, mas o que Jesus mais vez foi ensinar ou pregar? O seu ministério foi marcado pelo ensino e Ele era conhecido como mestre. Jesus é chamado de mestre quarenta e cinco vezes nos Evangelhos, e nunca foi designado como pregador.

Se a pregação é mais importante que o ensino? Porque na Bíblia aparece a palavra “ensinar” mais de 200 vezes na Bíblia, enquanto “pregar”, 140 vezes.

Em uma pesquisa sobre a importância do ensino através da vida de Jonathan Edwards que viveu no século XVIII, mostra que sua obediência e ensino da Palavra em sua casa, trouxeram enormes resultados maravilhosos á família. Também foi realizada uma pesquisa com outro homem do mesmo século. Ele se chamava Jukes, que desprezava a palavra e que mostra resultados tristes. Valorizemos à Palavra de Deus.

Segundo alguns pensadores pregar é:

Brook – “É a comunicação da verdade por um homem a outros homens.”

Pattison – “É a comunicação verbal da verdade divina com o propósito de persuadir.”

E o termo grego ke•rýs•so, traduzido por “pregar”, significa ‘fazer proclamação como arauto, ser um arauto, oficiar como arauto, proclamar (como conquistador)’.

O que significa ENSINAR: É todo o nosso esforço de levar alguém a aprender. Não se trata de passar informações de uma mente para outra como objetos de uma gaveta para outra.

Deus fala e a sua mensagem é transmitida (proclamada) de diversas formas, pelo louvor, pelo ensino, pela pregação e outros formas, com isso concorda o escritor aos Hebreus na sua carta, (Hb 1.1,2), também o salmista em Sl 19.1. Há vários salmos ou cânticos na bíblia que proclamam a mensagem divina.

Em suma, é necessário valorizar à pregação, louvor e ensino de igual forma, pois cada um desses elementos são importantes e podem transmitir claramente à mensagem da vontade divina.

Prof. Robson Santos

Informações bibliográficas

SOLASCRIPTURA, Natanael Nogueira de Sousa e Kleber Paulo Santana. – Homilética;
Pregação, wikipedia.org;
Teologia Pentecostal, Gutierres Siqueira, A falsa dicotomia “pregação” X “ensino”, 28/03/2010;
EBD WEB, O Ministério de Ensino de Jesus – Pr. Alcione Alves do Nascimento, 25/02/2008;
Cristo e Vida, Pr. José Nogueira, Ensinando e Aprendendo, 06/04/2010.

Extraído: Seara News

COMENTÁRIOS

×

Olá!

Clique em um de nossos representantes abaixo para conversar no WhatsApp ou envie um email para [email protected]

×