A SIMBOLOGIA E OS ENSINAMENTOS DA ÁGUIA, UM EXEMPLO DE TRANSFORMAÇÃO!

A águia é uma admirável ave, com seu jeito majestoso e comportamento altivo.

águia

A águia é uma admirável ave, com seu jeito majestoso e comportamento altivo, ela nos traz muitos significados e ensinamentos. E é isso o que será mostrado neste conteúdo, com as seguintes abordagens. 

1. A águia na História

Desde milhares de anos atrás, a águia figura nas culturas e religiões dos povos antigos, tais como:

    • No Egito Antigo, a águia era símbolo da Eternidade e sua imagem aparecia em emblema real usado pelos faraós, como símbolo de poder.
    • Na Maçonaria é o símbolo de transcendência e força espiritual.
    • Para os hindus, foi a águia quem trouxe a bebida sacramental “Soma”, utilizada nos seus rituais e cerimônias religiosas.
    • Na mitologia escandinava está associada ao deus Odin.
    • deus grego Zeus é simbolizado por uma águia. Na cultura celta é símbolo de renascimento e renovação.
    • Na Roma Antiga, a águia era o símbolo utilizado pelo General Julio Cesar.
    • No cristianismo, a águia é símbolo celestial e de comunicação com o divino, citada em várias passagens bíblicas.
    • Na alquimia é o símbolo da transformação.
    • No Império Bizantino, a águia bícefala (duas cabeças) era símbolo do duplo poder do imperador, que era ao mesmo tempo representante político e religioso.
    • Na Civilização Asteca, a águia era um símbolo divino e sua representação figurava nas cerimônias religiosas desse povo e como herança histórica e cultural, a bandeira do México tem uma águia.
  • Para o Xamanismo a águia é a guardiã do Leste, onde tudo se origina e representa a ligação do Divino com o terrestre.
  • Os nativos americanos cultuam a Grande Águia Dourada, que tem o poder do Grande Espírito, representando a conexão e equilíbrio do reino espiritual com o reino físico.
  • Na Rússia Imperial, águia bícefala representava o poder absoluto dos czares.
  • Na Alemanha monárquica, a águia foi utilizada como símbolos de muitos príncipes e o principal símbolo da reunificação alemã do século XIX.

2. Significados e simbolismos da águia

A águia por sua soberania, beleza, coragem, força e imponência é venerada como símbolos místico e religioso.

A imagem da águia é utilizada como símbolo de poder e autoridade, em muitas culturas, sendo representação de nobreza, majestade, liberdade, agilidade e outras virtudes.

A imagem da águia está associada à liderança, elevação, determinação, superação e vitória.

Hoje em dia, nos mundos dos negócios e empreendimentos, usa-se muito a seguinte expressão: “visão de águia” representando pessoas visionárias e que enxergam além e conseguem avançar, superar limites e chegar ao topo.

E, de fato, um dos poucos animais que enxergam mais e melhor que o homem, é justamente a aguia e outras aves de rapina.

Leia mais: COMO OS ANIMAIS NOS VEEM?

Muitas mensagens motivacionais utilizam o exemplo da águia para estimular as pessoas a se superarem e resgatarem a autoconfiança.

3. O exemplo da águia

aguia 2

A águia vive por volta de setenta anos. Quando chega aos 40 anos de idade, seu bico e suas unhas ficam enfraquecidos e gastos. Suas penas tornam-se muito grossas e pesadas, com a sujeira acumulada dos anos, dificultando-lhe o voo. Mas, para não sucumbir, ela precisa tomar uma decisão: deixar as coisas como estão e morrer ou enfrentar a dor da mudança e seguir renovada.

Ela prefere se renovar e voa até uma fenda de um penhasco, próxima à um paredão, fazendo um ninho onde possa se proteger de outros predadores

Nesse retiro, ela inicia um verdadeiro ritual de renascimento. Primeiro, bate o velho bico nas pedras até arrancá-lo e espera, pacientemente, que nasça um novo. Depois, arranca com o novo bico, as unhas, uma a uma.

Quando surgem as novas unhas, as usa, juntamente com o bico novo, para arrancar as penas velhas e endurecidas de seu corpo.

Renovada e mais revigorada, sai mais livre para sua nova etapa de vida!

4. Os ensinamentos da águia

Da sábia águia podemos extrair várias lições, seguem algumas delas:

Lição 1

A águia é independente e confiante, não tem medo de voar sozinha, de encarar grandes alturas e mudanças.

Lição 2

Ela observa com atenção, olhando à distância, para ter uma melhor visão do todo, visando o reconhecimento do meio, no qual está inserida.

Lição 3

A águia enfrenta a tempestade para chegar onde almeja.

Lição 4

A águia mãe ensina seu filhote a voar, empurrando-o do ninho ou seja ela, ensina ele a ser forte e confiante e não mimado e super protegido.

Lição 5

Essa ave, ao envelhecer, arranca as próprias penas, unhas e bico e nos dá o exemplo de renovação. A águia nos inspira a nos desfazer do que não serve mais e está ultrapassado, nos mantendo estagnados e presos em condicionamentos limitantes.

5. A Renovação da Águia

Neste vídeo, narrado por Julio Cesar Sousa, é descrito o processo de renovação da águia:

A águia aos 40 anos enfrenta a decrepitude de seu corpo, com suas penas grossas, que fazem suas asas ficarem pesadas; bico encurvados pela idade, não mais pontiagudos,como quando era jovem; garras muito compridas e flexíveis, não duras e fortes,como antes.

Para se renovar ela se recolhe solitária, ao alto de uma montanha, e passa por um período doloroso de grande transformação.

Após um processo de renovação de 150 dias, ela sai do retiro, voando mais leve e alçando alturas maiores.

6. Reflexão sobre o exemplo da águia

A águia te inspirou?

O que você está precisando renovar em sua vida, como no exemplo da águia?

Que lição da águia, você está precisando usar para avançar?

Fonte: GREENME

Faça um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

×