AS MENSAGENS DO REI LEÃO (FILME)

Gutierres Fernandes Siqueira

Como quase todas as crianças da minha geração, assisti ao filme “Rei Leão” em 1995. E no começo dos anos 2000, como quase todos os pré-adolescentes evangélicos, assisti aos vídeos de um missionário com sotaque hispânico condenando a produção da Disney como diabólica. O missionário se baseada em histórias conspiratórias e diversas “fake news”. Ontem revi esse clássico do cinema infantil e, agora como adulto, pude perceber melhor a riqueza da obra de Roger Allers. O roteiro é uma mistura de histórias bíblicas com novelas de Shakespeare. Há uma leve sacada sátira contra o existencialismo e ainda reproduz valores como honra, proteção familiar, hereditariedade e ordem social. Infelizmente, a histeria do missionário o deixou cego para os diversos pontos de contato de uma produção hollywoodiana com a fé cristã. Muitas vezes tenho impressão que a histeria que enxerga o diabo em tudo aumentou em nosso meio e, infelizmente, o grande problema dessa postura é que quem assim age normalmente ignora onde o diabo realmente está.

Extraído do Facebook: Gutierres Fernandes Siqueira

Faça um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

×