Dinâmica Adultos Lição 04: Elias e os Profetas de Aserá e Baal

Dinâmica: Prova de Fogo

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Em seguida, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:

Vocês já sabem que a aula expositiva ou Preleção é um método que está centralizado na oralidade por parte do professor. Entretanto, esta unilateralidade da exposição não é boa, tendo em vista que somente o professor fala e os alunos escutam, escutam, escutam… tendem a se dispersar e a aprendizagem fica comprometida.

Por isso, recomendo que vocês, busquem a participação dos alunos nas aulas.

Para isso é importante que você apresente estratégias que estimule a participação dos alunos, valorize o conteúdo, reforce as aplicações e facilite a aprendizagem. Portanto, para não perder de vista o alvo da lição, use a criatividade, apresente domínio da matéria e observe se os alunos estão entendendo o assunto. Só assim você saberá adaptar as sugestões apresentadas aqui!

– Apresentem o título da lição: Elias e os Profetas de Aserá e Baal, escrevendo no quadro branco.

Utilizem um marcador de quadro branco de cor diferente e circule o nome “Elias”, para destacar o nome do profeta.

Quadro e marcador para quadro branco são recursos didáticos.

– Partindo do Conhecimento Prévio dos alunos sobre o tema da lição, orientem a seguinte atividade:

Vocês vão recontar o confronto do profeta Elias e os adoradores de Baal de forma que as ações sejam apontadas de forma sequencial e sem repetição.

Um aluno começa com uma afirmação e os demais vão acrescentando outras diferentes até concluir.

O professor deve estar atento ao que está sendo acrescentado.

– Trabalhem os pontos levantados na lição, sempre de forma participativa e contextualizada.

– Para concluir, utilizem a dinâmica “Prova de Fogo”, que tem como objetivo contextualizar o tema estudado com a vida do aluno, enfatizando que Deus nos vê, ouve e age em nosso favor.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Resumindo a aplicação didática sugerida por mim para esta lição:

– Método da Aula expositiva ou Preleção associado a outros recursos didáticos;

– Utilização de recursos didáticos: quadro branco, 02 marcadores para quadro branco com cores diferentes;

– Método audiovisual: quadro com o título da lição;

– Participação dos alunos na aula;

– Recontar uma história de forma coletiva como Conhecimento Prévio;

– Aplicação de 01 dinâmica, como conclusão e contextualização do tema.

Dinâmica: Prova de Fogo

Objetivo: Contextualizar o tema estudado com a vida do aluno, enfatizando que Deus nos vê, ouve e age em nosso favor.

Material:

01 caixa de palitos de fósforos do tipo longo

Pedras pequenas na quantidade dos alunos da classe.

Procedimento:

– O que significa passar por uma prova de fogo?

Aguardem as respostas.

Normalmente as respostas convergem para as dificuldades, problemas que estamos passando.

– Falem: Na lição de hoje, estudamos que o profeta Elias passou por uma prova de confronto com os profetas de Baal, tendo como vencedor Elias, que através da operação do Deus verdadeiro, fez cair fogo do céu, deixando evidente para o povo a quem eles deveriam adorar.

– Falem: Nós também passamos por provas de fogo e para sairmos desta situação precisamos fazer o que Elias fez – consertar o altar.

O que pode então significar: consertar o altar?

Aguardem as respostas, que serão em torno da restauração do altar da oração, da adoração a Deus e comunhão com o Senhor.

Neste momento, falem: Elias utilizou 12 pedras, representando as tribos Israel, aqui vamos montar um “altar” com a quantidade de pedras, que representarão o altar de cada pessoa da classe.

– Falem: Elias ofereceu um bezerro em sacrifício. Mas o que podemos oferecer como sacrifício?

Leiam Rm 12.1 “Rogo-vos, pois irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional”.

Então, conforme o versículo lido, nossa vida é o que temos para oferecer em sacrifício para Deus.

– Depois falem: Elias utilizou água. E o que pode representar água?

A água representa a palavra de Deus, leiam, Ef 5. 26 “Para a santificar, purificando-a com a lavagem da água, pela palavra”.

– Perguntem: Mas o que pode representar o fogo?

O fogo é representado pelo poder do Deus, através da atuação do Espírito Santo em nossas vidas.

Por isso, se vocês estão passando por uma prova de fogo(acendam um palito de fósforo), vocês têm como seu companheiro constante o Espírito Santo. Lembrem-se de que a operação de Deus se apresenta com poder, milagres, modificando situações impossíveis, confirmando quem é seu Deus e mostrando como Ele cuida de você(apaguem o palito de fósforo).

Por Sulamita Macedo.

Fonte: Atitude de aprendiz

COMENTÁRIOS

Chat
Precisa de ajuda?
EBD INTERATIVA
Olá!
Como podemos ajudar?
%d blogueiros gostam disto: