Dinâmica Lição 06: A Rebeldia de Saul e a rejeição de Deus

Professoras e professores, observem estas orientações:

1 – Antes de abordar o tema da aula, é interessante que vocês mantenham uma conversa informal e rápida com os alunos:

– Cumprimentem os alunos.

EBD Em Foco

– Dirijam-se aos alunos, chamando-os pelo nome, para tanto é importante uma lista nominal para que vocês possam memorizar.

– Perguntem como passaram a semana.

– Escutem atentamente o que eles falam.

– Observem se há alguém necessitando de uma conversa e/ou oração.

– Verifiquem se há alunos novatos e/ou visitantes e apresentem cada um.

2 – Este momento não é uma mera formalidade, mas uma necessidade. Ao escutá-los, vocês estão criando vínculo com os alunos, eles entendem que vocês também se importam com eles.

Outro fator importante para estabelecer vínculos com os alunos é através das redes sociais, adicionem os alunos e mantenham comunicação com eles.

3 – Após a chamada, solicitem ao secretário da classe a relação dos alunos ausentes e procurem manter contato com eles durante a semana, através de telefone ou email ou pelas redes sociais, deixando uma mensagem “in box” dizendo que sentiu falta dele(a) na EBD).

Os alunos se sentirão queridos, cuidados, perceberão que vocês sentem falta deles. Dessa forma, vocês estarão estabelecendo vínculos afetivos com seus alunos.

4 – Escolham um momento da aula, para mencionar os nomes dos alunos aniversariantes, parabenizando-os, dando-lhes um abraço, oferecendo um versículo.

5 – Fazendo o que foi exposto acima, somando-se a um professor motivado, associando a uma boa preparação de aula, com participação dos alunos, vocês terão bons resultados! Experimentem!

6 – Agora, vocês iniciam o estudo da lição. Vejam estas sugestões:

– Apresentem o título da lição: A Rebeldia de Saul e a rejeição de Deus.

– Depois, trabalhem o conteúdo da lição.

Lembrem-se de que vocês devem oportunizar a participação do aluno, envolvendo-o através de exemplos e situações próprias de sua idade. Dessa forma, vocês estão contextualizando o tema com a vida do aluno, além de promover uma aprendizagem mais significativa.

– Para finalizar, apliquem a dinâmica “Jesus, Rei dos reis”.

Tenham uma excelente e produtiva aula!

Dinâmica: Jesus, Rei dos reis

Objetivos:

Oportunizar estudo sobre a mensagem do Reino de Deus, a forma de ingresso e permanência nele.

Relacionar Saul(que teve o reino rejeitado) com Jesus(que embora tenha sido rejeitado pelos seus), nós o aceitamos e é o Rei dos reis e Senhor dos senhores.

Material:

01 coroa

Procedimento:

– Leiam os versículos abaixo(João 18:36,37):

“Respondeu Jesus: O meu reino não é deste mundo; se o meu reino fosse deste mundo, pelejariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas agora o meu reino não é daqui.

Disse-lhe, pois, Pilatos: Logo tu és rei? Jesus respondeu: Tu dizes que eu sou rei. Eu para isso nasci, e para isso vim ao mundo, a fim de dar testemunho da verdade. Todo aquele que é da verdade ouve a minha voz”.

– Perguntem: Qual a forma de ingresso para o Reino de Deus?

– Aguardem as respostas.

– Resuma as respostas com a leitura de Jo 3. 3: “Jesus respondeu e disse-lhe: Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o Reino de Deus”. 

Então, digam este é o passaporte para a entrada no Reino de Deus.

– Acrescentem que a mensagem do reino proclama o arrependimento (Mc 1.15):

”… O tempo está cumprido e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no evangelho”.

– Falem: Ingressamos no Reino de Deus, quando cremos no evangelho e nos arrependemos dos nossos pecados.

– Peçam para que 02 alunos(as) falem sobre sua conversão. Ao relatar, o aluno segura a coroa e diz: Ingressei no reino de Deus no ano tal e foi assim…

Ao término, ele diz: Jesus é o meu Rei eterno.

– Falem que o visto de permanência no Reino de Deus ocorre com a observância dos princípios deste reino.

– Leiam com os alunos as bem-aventuranças (Mt 5.3 a 11) de forma compartilhada, para dinamizar a leitura.

– Leiam também Gl 5. 22. Falem também que no Fruto do Espírito, encontramos outros valores para serem exercitados pelos integrantes do reino.

– Para concluir, falem da necessidade da divulgação da mensagem do Reino de Deus para que outros sejam resgatados do reino das trevas.

Por Sulamita Macedo.

Fonte: Atitude de Aprendiz

Faça um comentário

Seu endereço de email não será publicado.

×