Religião é proibida de ser ensinada fora do campus em escolas de Pequim

Comissão lista situações proibidas em escolas de Pequim.

Ditador Xi Jinping com as crianças

Ditador Xi Jinping com as crianças (Foto: Divulgação/Xinhua)

A Comissão Municipal de Educação de Pequim, promulgou novas regras sobre quais materiais podem e não podem ser usados para o ensino fora do campus.

A mesma acredita que as regras rígidas sobre livros didáticos e outros materiais a serem utilizados nas escolas podem ser contornadas pela introdução de conteúdo proibido no ensino fora do campus e em atividades extracurriculares.

Foram identificadas doze “situações proibidas”, que podem levar à demissão dos professores e à punição de todos os envolvidos. Entre elas estão: Caluniar a imagem do Partido e do Estado; Caluniar e atacar a liderança do PCC; Promover doutrinas religiosas e qualquer outra situação ilegal e inadequada.

Segundo Bitter Winter, além de proibir qualquer crítica que possa “danificar” a honra nacional e os interesses através de materiais hostis à China, as proibições também se estendem ao não cumprimento da proteção dos direitos de propriedade intelectual.

Além disso, os materiais produzidos no exterior só podem ser utilizados após a obtenção de uma autorização. De particular interesse é a proibição total de qualquer referência à religião.

 

 

Fonte: GOSPEL PRIME

 

 

 

 

COMENTÁRIOS

Chat
Precisa de ajuda?
EBD INTERATIVA
Olá!
Como podemos ajudar?