fbpx

4 conselhos para você descobrir seu propósito de vida

Não seja um serrote querendo pregar, nem um martelo querendo serrar. Por Ramon Tessmann

Homem em uma montanha (Joshua Earle / Unsplash)

Por que me sinto tão infeliz? Por que não tenho prazer naquilo que faço? Qual é o sentido da minha vida? Por que tenho a sensação de que deveria estar envolvido com outras coisas?

Tudo estava “certo” comigo: minha  era firme em Deus, eu era bem ativo na igreja local, estava casado com uma esposa maravilhosa, tinha uma linda filha e havia alcançado sucesso nos negócios. Resumindo: era vida perfeita!

Ainda assim, sentia um incômodo retumbante dentro de mim. Depois de alguns anos na busca por responder essas perguntas, elas passaram a perder força até sumir completamente.

A sensação de “me encontrar”, de me sentir útil com meus dons e talentos, de saber que estou dando o melhor de mim naquilo que Deus me chamou, tudo isso é uma sensação indescritível de completude.

Este artigo é apenas um compartilhar de minhas experiências pessoais na busca por lhe mostrar como descobrir seu propósito de vida.

Propósito, chamado e vocação

Antes de tudo, você precisa entender a diferença entre propósito, chamado e vocação.

  • Propósito é o que uma pessoa nasceu para ser.
  • Chamado tem a ver com uma convocação para uma determinada missão espiritual.
  • Vocação tem a ver com quem a pessoa é, incluindo suas características e inclinações inatas.

Por vezes, chamado e vocação podem coincidir, por exemplo, quando Deus chama alguém dentro de sua profissão para desempenhar uma missão espiritual, dando uma nova perspectiva sobre suas atividades.

O propósito de Jesus foi conquistar a nossa salvação (João 3:17). Para cumprir esse propósito, ele foi chamado para morrer na cruz, missão que ele decidiu obedecer até o fim (Mateus 26:39). Também envolveu chamar e treinar discípulos para continuar a obra de Deus.

1 – Semelhante, mas não igual

Jovens com a mesma roupa (Masha Kotliarenko / Unsplash)

Pode ser que o seu propósito de vida ainda não esteja tão claro. É possível (e até provável) que seu propósito se assemelhe ao de outra pessoa. No entanto, Deus tem planos que são específicos para você e desígnios que são somente seus, debaixo do seu propósito.

Na busca por descobrir meu propósito, eu já caí no erro de tentar ser outra pessoa. Eu já imitei estilos, jeitos de falar e tomei decisões estúpidas, tudo na tentativa de ser quem eu não nasci para ser.

É exatamente assim que muita gente leva a vida. Existe serrote querendo pregar e martelo querendo serrar. Não copie a vida de ninguém, senão você terminará desiludido. Descubra-se e seja você mesmo!

2 – Entenda seus talentos

Menino cantando no microfone (Jason Rosewell / Unsplash)

As áreas em que você não tem habilidade natural podem indicar caminhos que você não deveria trilhar.

Não sei se você tem ouvido e boa voz para cantar. Muita gente que conheço já expressou o “sonho” de ser um bom cantor. O fato é que nem todo mundo “nasceu para isso”, ou seja, nem todo mundo nasceu com aquela voz arrebatadora.

Sei que a realidade pode ser dura de escutar, mas aprendi a valorizar o que Deus me deu e não o que Ele não me deu. Já fui um serrote que tentou ser martelo e não funcionou.

3 – Ama ou odeia?

Casal fazendo coração com as mãos. (Foto: Mayur Gala / Unsplash)

Agora, revelo outra coisa que aprendi na busca por descobrir meu propósito: aquilo que gosto de fazer pode indicar com mais clareza o caminho que devo seguir. Anote aí:

Aquilo que você mais ama fazer pode revelar sua missão de vida!

Eu amo escrever! Escrevo simplesmente por prazer. Não precisa ninguém ficar exigindo que eu escreva, isso simplesmente sai de mim. Escrever me energiza!

Outra coisa que descobri é que as coisas que você mais odeia também podem indicar o seu propósito.

Ex: Alguém que odeia endividamento, pode se tornar um consultor financeiro. Uma pessoa que odeia a situação das drogas, pode montar um projeto na igreja local para trabalhar com a restauração de dependentes químicos.

4 – Foco

Homem segurando lente de câmera em paisagem (Paul Skorupskas / Unsplash)

Você não veio para resolver o problema do mundo inteiro. Cuide para não se envolver com mais coisas do que pode suportar. Evite ir por caminhos que você não foi chamado para trilhar.

Foque-se no que você nasceu para ser e fazer. Afie o seu machado e derrube apenas as árvores que você foi designado para derrubar.

Este artigo pode ser uma pequenina bússola a trazer mais clareza e direção para quem precisa. Desejo do fundo do meu coração que você encontre o seu caminho em Deus.

Fonte Gospel Mais

COMENTÁRIOS

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.